domingo, 18 de fevereiro de 2018

Omissão da poesia


A poesia não pode falar
saiu a mensagem
mas era "faltar"
o que quis dizer.

Ato falho, ela sugeriu.

Quem sabe?

Faltar, não falar, são coisas diferentes.

Ou não.

Em ambos os casos
     há a dolorosa
          e imperdoável
               omissão
                    da poesia.


sábado, 17 de fevereiro de 2018

E em amor se confunde


Poemas alheios

Capítulo I do "Tarjuman al-Ashwaq",
do Shaykh al-Akbar [Grande Mestre]
Ibn al-Arabi
a partir da versão em inglês 
de R. A. Nicholson

Se eles
     sabiam,
     de saber
eu gostaria:

seus corações
de que estirpe
eram?

Ah, saber também pudesse eu
por quais montanhas
cumes
e topos
tiveram eles
que passar.

Mortos, você os considera?,
ou em segurança
uterina?

É que em amor
tudo se perde
e em amor
se confunde.



domingo, 3 de dezembro de 2017

O deserto do amor insatisfeito


Poemas alheios

No capítulo XV do "Tarjuman al-Ashwaq",
do Shaykh al-Akbar [Grande Mestre]
Ibn al-Arabi
a partir da versão em inglês 
de R. A. Nicholson

Daquele funesto momento
esquecer não posso:

o condutor dos camelos
implacável em sua urgência

que nos apressássemos pediu.

Os corvos da separação
grasnaram-
que Allah os amaldiçoe!

Ah, que os corvos da separação
nada mais são
que velozes camelos
em passo rápido
          levando os amados
               para longe.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...